domingo, 8 de maio de 2011

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic

Ela sente-se um pouco só. Começa a ver o amor a bater à porta de todos os outros menos à sua, e por que será? Talvez porque o seu jardim esteja um pouco desajeitado. Não se pode dizer que tem poucas flores, tem meia dúzia delas, as suficientes, mas o seu jardim está farto de levar cagadelas dos poucos cães que lá costumam passear. Ela não se consegue apaixonar por ninguém que ache suficientemente apropriado para cuidar do seu jardim.

13 comentários:

  1. Adorei o texto* Compreendi bem o post...

    ResponderEliminar
  2. também gosto sempre de a ler apesar de agora andar mais virada para revistas como a Vogue :)
    adoreii o texto!

    ResponderEliminar
  3. É sempre lixado conseguir achar aquele alguém que se dê ao trabalho de cuidar desse jardim...

    Adorei a tua comparação! Bem, muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  4. às vezes a minha irmã compra a blitz e eu a vogue, vamos variando :)

    ResponderEliminar
  5. os jardins desajeitados são os que atraem aqueles que vêem realmente a beleza e a apreciam da maneira certa. ela não tem de ter medo ou pressa, esse alguém chegará com certeza, a seu tempo (:

    ResponderEliminar
  6. acho que posso garantir quase com toda a certeza que a espera vai valer a pena.

    ResponderEliminar
  7. Gostei bastante do texto *.*
    Vou seguir*
    Mil beijinhos!

    ResponderEliminar
  8. hum, então tu achas que é mto vulgar??

    ResponderEliminar
  9. I love your blog

    Go take a look

    http://rosemode.blogspot.com

    ResponderEliminar