sábado, 22 de agosto de 2009

Hoje.


Hoje, peguei no telefone, e chorei sem que ninguém me ouvisse do outro lado da linha. Hoje, pedi-te a mão e não me deste. Hoje, pensei no meu pai. Hoje, acreditei em ti. Hoje, lembrei-me do quanto o meu irmão é realmente importante. Hoje, senti saudades de tudo. Hoje, queria gritar e não podia. Hoje, no meu corpo aconteceu uma explusão de odio. Hoje, virei costas a minha rua. Hoje senti-me pequenina. Hoje, senti que errei.. Amanha estarei bem.

2 comentários:

  1. hoje eu digo-te que sinto saudades das nossas conversas.

    ResponderEliminar
  2. não pares de escrever , é um dom que tens (;

    ResponderEliminar