sexta-feira, 11 de setembro de 2009

MORTA-VIVA


Hoje, fiquei acordada até as 06.55. Não conseguia pregar olho. Até que fui buscar no meu diário, o que já não, lhe pegava a meses. Relatei tudo o que acontecera nos ultimos tempos. Escrevi sobre as insónias, o nervosismo, e também desta rotina chata. Desta vez, não vim para o blog, mas sim para a sala. Peguei num DVD, que já ouvira falar a muito tempo e nunca o vira. «O diário da nossa paixão» Pensei, que iria agarrar-me a almofada e chorar muito, pela emoção. Mas, só me cairam umas lágrimas.. Naquela noite, emoções fortes era o que eu precisava. Realmente o filme é lindo. A meio do filme recebi uma mensagem ; ontem, enquanto dormias de manhã, estavas tão doce. Tão perfeita. Tão.. cremosa.
Sentia o meu coração bater, muito rápido. E uma sede, de carinho, e amor. Olha, ali estava uma emoção forte.

6 comentários:

  1. deixas-me completamente derretida, quando escreves com tanto sentimento, querida *.*

    ResponderEliminar
  2. é lindo mesmo, muito melhor que os meus :D

    ResponderEliminar
  3. obrigada, aquele sonho marcou-me tanto *.*

    ResponderEliminar
  4. Oi! Obrigada pela tua visita! É um dos meus filmes preferidos também. Beijinho =)

    ResponderEliminar