quinta-feira, 23 de julho de 2009

Um jogo..

Um jogo em que ninguém perde nem ganha particularmente. Um jogo em que todos saiem vitoriosos, triunfantes, ganham. E sempre com a mesma resposta dizemos "Somos poucos, mas bons."

Pecar, todos pecam. Cometer erros, todos cometem. Perdoar como perdoas. Só tu o sabes fazer. E por mais letras, que juntes até formares palavras. E asseguir de palavras, frases virão. Por mais que o faças só falarás por mim, para mim, com os teus grandes olhos castanhos, e como sempre com um toque de brilho. E quando voltas há sempre aquele carinho especial que ninguém nos vai tirar.
Não há muito para dizer, mas quando o dizes é com o coração. E com a tua boca tão perfeita e delicada me dizes "São as mãos que transmitem todo o amor que queremos dar. Nós, humanos falamos com as mãos, percebes?" E cada dia o meu orgulho por ti cresce, e cresce. Por tanto que é o teu esforço, para me dares tudo o que eu quero, de todos os meus caprichos. E admito que ao escrever isto, as lágrimas me vieram aos olhos, pelas lembranças. Mas quando o escrevi, escrevi com todo o amor e carinho. Obrigada pelo esforço, atenção, carinho.. és o maior, pai :') és o MEU héroi. Para ti, meu pai.



Cada dia me sinto mais parecida contigo. Falo de feições, e de algumas actitudes. Tento imitar-te a cada dia que passa. E sei que quando for adulta, quero ser como tu, e direi com o máximo de orgulho "Eu quero ser igual ao meu pai!". Pai, com o toque das tuas mãos grandes e asperas, de tanto que são sensíveis, me passas a mão pelo meu cabelo castanho claro e soltas um sorriso descontraido, que só tu o sabes fazer. E é sempre um sorriso bonito. E com os teus olhos, que como já disse têm sempre aquele toque de brilho, muito especial. E sempre com uma expressão meiga. Em teus braços, fortes e quentes me abraças, e não fazes ideia de como é bom. Ao mesmo tempo com a tua boca com um tom vermelho forte, e com todas as linhas delineadas me dás um simples beijo na testa.. Volto a repetir que és o maior, o meu héroi..

5 comentários:

  1. fizeste-me chorar princesa :'D
    que orgulho que tenho em ti!

    <3

    ResponderEliminar
  2. Amei :D
    Adoro a forma como escreves ;)

    ResponderEliminar
  3. Não tem nada a ver as nossas formas de escrever

    ResponderEliminar
  4. texto lindissimo, até me veio a lagrima ao olho :')

    ResponderEliminar
  5. pai é pai não é ? é como um herói, mesmo.
    disses-te bem isso no teu texto, escreves mesmo bem (:

    ResponderEliminar